Logomarca Heliar

A Melhor Bateria Do Brazil

dez dicas para o seu pneu

Cuidar da manutenção de seus pneus é a chave mestre para que eles durem mais. Mas, além disso, o desempenho e a segurança do seu veículo também dependem do bom estado dos pneus, logo, verificar periodicamente seus estados e ficar atento aos sinais é essencial, justamente porque estamos falando de peças de desgaste natural. Para te auxiliar a manter seu veículo mais seguro e com melhor performance, listamos aqui 10 dicas fundamentais à saúde do seu jogo de pneus. Confira!

1). Calibre os pneus quinzenalmente de acordo com a pressão recomendada pelo fabricante. Desta forma, você evita o desgaste dele e impede o aumento do consumo de combustível e instabilidade do veículo. Lembre-se que o estepe também deve ser calibrado e a pressão de ar deve ser verificada com os pneus ainda frios (ou seja, a distância percorrida foi inferior a três quilômetros).

2). Verifique sempre o alinhamento do veículo. Enquanto estiver dirigindo, deixe o volante reto para ver se ele “puxa” sozinho para o lado esquerdo ou direito. Caso isso aconteça, é preciso fazer um alinhamento. Algumas oficinas recomendam que seja feito a cada 10.000 Km, pois isso aumenta a eficiência da rodagem do pneu e na hora de esterçar o veículo.

3). Dependendo do tipo de via que costuma andar com seu automóvel, o tempo de desgaste de um pneu muda, mas a partir dos 35 mil quilômetros rodados vale acompanhar como está o desgaste dele com mais frequência. Você consegue fazer isto verificando a distância entre o sulco e a banda de rodagem. O sulco são os canais delineados no seu pneu, profundos o suficiente para poder expelir a água da pista em dias de chuva e manter a estabilidade do seu veículo. A maioria dos pneus vem com um indicador de desgaste, o TWI que marca a altura mínima que os blocos de borracha podem atingir sem colocar em risco a sua segurança. Então, se a banda de rodagem do seu pneu alcançar esta marca, troque-o o quanto antes!

4). Comprar pneus usados não é uma boa opção para repor os seus pneus. A qualidade pode comprometer o desempenho do veículo na pista seca ou molhada, podendo afetar sua segurança.

5). Mantenha as rodas e pneus do seu automóvel limpas para melhores desempenhos em frenagem e trações. Isto porque a sujeira pode ter elementos de corrosão e seu acúmulo pode reduzir a vida útil dos pneus e afetar suas pastilhas de freio.

6). A tampa de válvula de ar do seu pneu existe por dois motivos: evitar o vazamento acelerado de ar e proteger a válvula de sujeiras. A ausência desta tampa pode danificar a válvula, prejudicando a calibragem do pneu e diminuindo a sua vida útil.

7). Respeite o limite de carga que o fabricante informa na lateral do seu pneu. O excesso de carga pode acelerar o desgaste das bandas de rodagem, pois danifica a estrutura dos pneumáticos. Consulte o site do fabricante para verificar qual o peso máximo que eles aguentam.

8). Não esqueça de fazer o balanceamento, pois ele corrige a distribuição de massas do pneu e roda proporcionando estabilidade do veículo, conforto para os passageiros e vida útil prolongada para os pneus.

O balanceamento consiste na correção de uma má distribuição de massas ao longo do conjunto pneu e roda

9). Dirija de forma consciente: se você evitar frenagens ou aceleradas bruscas, irá evitar o desgaste antecipado dos pneus, além de reduzir o consumo de combustível.

10). Troque os pneus respeitando as medidas dos que vieram originalmente de fábrica. Como seu sistema de freio e suspensão são influenciados pelo desempenho dos pneumáticos, é preciso respeitar as medidas do pneu original para garantir a estabilidade e dirigibilidade do seu veículo.

Compartilhe essas dicas também nas rede sociais! ;)

QUAL É A SUA BATERIA

ONDE COMPRAR

Encontre uma loja