Logomarca Heliar

A Melhor Bateria Do Brazil

como identificar peças falsas?

Quando o assunto é manutenção automotiva o recomendado é levar em um mecânico de confiança, mas nessas horas, além do serviço, a qualidade e a originalidade da peça também conta muito para não dar dores de cabeça no futuro. Muitas vezes as peças falsificadas são bem semelhantes, o valor é bem mais em conta, porém a segurança e durabilidade não e ainda pode até danificar outros componentes do carro. Pensado nisso, listamos algumas características que vão te ajudar a identificar as peças:

Desconfie de preços baixos e promoções: este é o velho e bom atrativo para qualquer tipo de compra. Geralmente, as peças originais possuem valores tabelados pelos fabricantes, às vezes se tem uma mínima diferença de valor entre os revendedores, mas quando esta bem abaixo é um indicativo de falsificação.E nesse momento que vale pensar no ditado: “ o barato costuma sair caro”.

Exija sempre a nota fiscal: este é o tipo de documento que garante à procedência legal de qualquer produto, ainda mais se tratando de peça automotiva, as chances de levar um item de baixa qualidade ou falsificado é bem maior. Por isso, a importância da nota, pois ela assegura os direitos legais e te dá todo direito de reclamar no estabelecimento ou até mesmo na justiça.

Numeração e série das peças: este é um ponto que assegura a originalidade da peça, pois um registro em sua superfície com um número de série, impressos na sequência, durante o processo de fabricação, na linha de montagem.Além do selo que indica que a peça atende a todos os requisitos de conformidade. As falsificadas não possuem essa sequência, por isso, é bem fácil identificar a legitimidade comparando-se uma com a outra.

Embalagem: a aparência da embalagem diz muito sobre o produto. Verifique se ela não foi violada, confirme as informações da peça, a maioria das embalagens de peças automotivas contém um dispositivo de QR Code, caso não tenha, é melhor não adquirir. Fiquem atentos ao acabamento, rebarbas, falhas de impressão ou marcas de adulteração.

Certificações da peça: tanto peças nacionais quanto importadas precisam ser certificadas por instituições como CESVI (Centro de Experimentação e Segurança Viária) ou IQA (Instituto de Qualidade Automotiva). São institutos que certificam a qualidade e segurança da peça. Os selos dessas certificações devem constar na embalagem do produto.

OBS: Qualquer dúvida sobre o produto entre em contato com o SAC da marca, o telefone deverá constar na embalagem da peça.

Seguindo essas dicas, você ficará "expert" para identificar as fraudes das peças automotivas e não cairá mais em golpes.;-)

QUAL É A SUA BATERIA

ONDE COMPRAR

Encontre uma loja